Nós não somos de nós mesmos;
portanto, não façamos nosso alvo a busca daquelas coisas que nos sejam agradáveis;
nós não somos de nós mesmos:
portanto, até onde nos é possível, esqueçamo-nos, e as coisas que são nossas.
Por outro lado, somos de Deus:
portanto, que a sua sabedoria e vontade presidam sobre tudo que é nosso.
Nós somos de Deus:
a Ele, como único legítimo alvo, sejam dirigidas nossas vidas em todos os seus aspectos.

Calvino
Institutas da Religião Cristã
Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts

Pela Manhã

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma. Salmos 143.8