Quando nos empenhamos em mudar nossa maneira de pensar, nossa atitude, tudo muda. Não adianta ficar se revolvendo no lamaçal das tristezas, das irritações e dos problemas. Tenho que mudar meu coração. Já o coração do outro nunca podemos transformar. Aliás a única coisa que conseguimos com facilidade é irritar o outro ainda mais.

Mas quando busco ao Senhor sobre meu coração, percebo o quanto tenho que mudar. Lembro-me de uma situação que está me deixando completamente irritado. A postura e a soberba de um irmão me incomodava profundamente. Ele com frequência falava de si e se promovia. Com um total desconforto clamei ao Senhor por socorro. E a resposta do Pai foi clara:

— O que te irrita na soberba de teu irmão é aquilo que compete diretamente com tua própria soberba.

Aos pés do Senhor me arrependi. Abri meu coração para que o Espírito Santo mudasse minha mente. O descanso tomou meu ser. E, em paz segui sem me irritar com aquele irmão.

“A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso”. Êxodo 33:14

Quando busco a presença do Senhor, e renovo a minha mente tenho paz. Mas preciso além de buscar, me renovar, isto é, buscar revelação, buscar transformar minha mente.

“E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” Romanos 12:2

Não dá para ficar esperando que o outro mude para então em começar a me renovar. Cabe sempre a mim a iniciativa de não tomar a forma deste século. Não ser como um qualquer. Não andar no estilo do mundo, da igreja deste século. A mim cabe me transformar para ser exatamente como Jesus. Que tal você sempre fazer está pergunta:

— Em meus passos, o que faria Jesus?

Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!