Como já foi comentado, fazer o planejamento da vida do casal é indispensável. A necessidade de se estabelecer financeiramente desde o princípio do casamento é real e verdadeira. Esta é uma conversa fundamental que os noivos devem ter. O “eu vivo até debaixo de uma ponte” é irreal e falsa. Nem mesmo romântica é.

O planejamento financeiro será revisto muitas vezes no decorrer do casamento. Surgirão filhos, novas necessidades como também novas dificuldades que virão como incógnitas que deverão ser avaliadas e repensadas.

Cuidado!

“Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.” Mateus 6:19-21

O homem quando começa a ganhar dinheiro, gosta e muito. Pode poupar e gastar como quer. Só não pode deixar o coração ser tomado disso. Este perigo, todos correm. E, creio, só há uma forma de não cair neste risco: orar sempre e investir muito no que é terno.

Investir em fazer discípulos. Investir em cuidar de vidas. Investir em gratidão. Investir em proclamação. Investir em relacionamentos que apontam aos céus. Investir em multiplicar a vida de Cristo.

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Mateus 6:33

Temos muita coisa a investir! Porém uma só para buscar: o reino de Deus. E isto vem sempre em primeiro lugar. Buscamos a Deus e deixemos que ele acrescente o que quiser. Mas até esta busca tem que ser planejada, programada. Caso contrário vamos andar em círculos, sem ir a lugar algum.

Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!