O dia foi todo na contra mão. Nada que fazia dava certo. Não conseguiu ver concretizado nenhum dos desejos para aquele dia. Em tudo havia agitação, confusão, barulho. Tudo estava atrasado. Tudo parecia atrapalhado. Perseverou até ao fim do dia com sentimento único: chegar logo em casa.

Isso sim, desejava ardentemente rever o amor de sua juventude. Abraçar, dar beijinhos e se aconchegar em seus braços. Alí poderia tocar no que há de mais precioso: os filhos. Ouvir suas histórias sem fim, seus sonhos mirabolantes, suas risadas reconfortantes. Não havia dúvida, desejava ardentemente retornar para seu refúgio, para seu esconderígio.

“Cada um servirá de esconderijo contra o vento, de refúgio contra a tempestade, de torrentes de águas em lugares secos e de sombra de grande rocha em terra sedenta.” Isaías 32:2

Cada discípulo do Senhor deveria se determinar a formar uma família refúgio. Uma família amorosa pronta para acolher a outros, quer com sacrifício ou não. Dos pais aos filhos todos estão treinados a incluir os outros. Sabem que a família coopera para o propósito eterno de Deus. Para isto ajudam, dividem, cooperam com tudo da casa. É um prazer receber a outros. É uma alegria.

A família segundo o coração do Pai é sempre inclusiva. Não deixa ninguém de fora. Não vive em panelinhas. Qualquer um que se achega ao Senhor, é pela família bem recebido. Se o Senhor recebeu a cada um de nós como podemos escolher quem receber? Se eu, o pior dos pecadores, fui adotado pelo Pai e acolhido por seu amor, também devo ser e fazer o mesmo.

Como família refúgio, família amiga. Choram juntos. Riem juntos. Vibram com o sucesso de cada um. Compartilham a vida de Cristo, sempre juntos. Como amigos que são suportam até a ultima das consequência os erros dos outros. E, uma vez que alguém se arrepende, restauram os relacionamentos.

Vivam isso! Sejam isso! Façam de tal forma que seus filhos só queiram sair de casa para casar e criar um novo refúgio do Senhor.

“Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no SENHOR Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos.” Salmos 73:28

Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *