Em um certo período da minha vida, lendo o livro de Jó, deparei-me com uma realidade que jamais eu havia ouvido em qualquer pregação, nem jamais havia me atentado:

Antes de Deus falar com Jó e mudar a sua sorte, um jovem se levantou e repreendeu Jó. Impressionante, não? Um jovem?

Quando eu li, eu achei muito estranho. Mas reparei bem nos primeiros versículos do capítulo 32 de Jó, que diz:

“Então aqueles três homens cessaram de responder a Jó, porque era justo aos seus próprios olhos. E acendeu-se a ira de Eliú, filho de Baraquel, o buzita, da família de Rão: contra Jó se acendeu sua ira, porque se justificava a si mesmo, mais do que a Deus” (versículos 1-2).

Aquilo me chamou atenção, porque Deus havia dito para Satanás que Jó era justo (Jó 1:8,1). E de fato ele o era. Porém, ele se achava justo, achava-se justo “aos seus próprios olhos”. Ou seja, justiça própria!

Mas o que me chamou mais atenção, não foi o pecado de Jó, e sim a atitude de Eliú. No versículo 4 do capítulo 32 está escrito: “Eliú porém esperou para falar a Jó, porquanto tinham mais idade do que ele.” Ele era o mais novo. E começou a falar reconhecendo sua pequenez diante dos homens maduros que estavam diante dele. E, não se calou quando viu a oportunidade.

No versículo 6, ele começa dizendo: “Eu sou de menos idade, e vós sois idosos; arreceei-me e temi de vos declarar a minha opinião.” Eu dei outro pulo da cama de onde estava lendo essas palavras, impactada com a humildade do rapaz. Coloquei-me no lugar dele, e percebi que eu não falaria nada diante de homens como aqueles. Provavelmente, eu me calaria!

Arregalei os meus olhos, e atenta, continuei a leitura. E a cada versículo meu coração pulsava. Era como se estivesse vendo aquela cena, e ouvindo suas palavras entrando pelos meus ouvidos e penetrando o meu coração. Que rapaz sábio! Cheio do Espírito Santo!

Across The Cross, by SAvillez

Across The Cross

 

Percebi que nós jovens, temos o nosso valor diante de Deus. Podemos, sim, sermos usados por Ele de maneira poderosa! Durante 6 capítulos esse rapaz exorta Jó, revelando Deus nas coisas mais simples, levando-nos a contemplar a Deus de uma maneira maravilhosa e amolecendo o coração de Jó para que este pudesse ouvir a resposta que Deus lhe daria logo depois.

Hoje, vejo Deus nos capacitando para sermos esses jovens cheios do Espírito Santo. Atalaias do Senhor que levantarão a bandeira da cruz de Cristo. E defendendo-a com unhas e dentes. Exortando a todos os homens a reconhecê-Lo como o Senhor da glória, o Rei dos reis! Pois Ele vem! E não tardará!

MARANATA! ORA VEM, SENHOR JESUS!

Elenôra Martins

Print Friendly, PDF & Email
         

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts

Pela Manhã

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma. Salmos 143.8

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *