Deus é Bom!

Louvai ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua misericórdia dura para sempre.

Salmos 136:1

A vida com Cristo é cheia de desafios e lutas, mas elas são as oportunidades do cristão para fortalecer-se na comunhão com Deus aprofundando-se em intimidade de relacionamento e crescer na confiança em Seu perfeito amor.

Um dos desafios que tenho enfrentado em minha peregrinação nesta terra trata-se de um doença chamada insuficiência adrenal secundária. A solução? Chama-se Deus.

As crises desta doença surgem subitamente pela oscilação dos hormônios produzidos pela glândula adrenal e nestas oscilações pode acontecer uma baixa hormonal significativa que resulte na morte súbita.

O que eu gostaria de compartilhar aqui é sobre um momento após uma das crises da qual eu posso dizer que cheguei perto da morte, porém, Deus em Sua soberania de amor, não permitiu que eu morresse. Então, no dia seguinte fiquei pensando em como aquilo contribuiu para minha vida e Deus me fez pensar:

Se eu morresse provavelmente satanás iria aproveitar a oportunidade para tentar lançar dúvidas no coração dos meus filhos quanto à bondade de Deus. Imaginei ele sussurrando algo do tipo: “Se Deus é bom porque Ele deixou sua mãe morrer?”

Oh! Como é sujo nosso inimigo!

Então, entendi porque passei por este mal, mas sobrevivi e então, no dia seguinte chamei meus filhos para brincarmos da brincadeira: “Deus é bom…”

Primeiramente, expliquei a eles a importância de não permitirem que a frase “Deus é bom” se torne um “chavão”, ou seja, uma frase dita em vão, dita sem ser de todo coração. Segui dizendo que a melhor forma para não permitir que isto aconteça é, sempre que ouvi-la ou pronunciá-la, pensar no porque Deus é bom. Lembrando-se sempre que este é um atributo de Deus e Deus é imutável. Não há nada, nem o pecado e nem a morte, que possa mudar quem Deus é. 

Com base nesta explicação começamos nosso jogo que consistia em cada um de nós dizer um motivo pelo qual Deus é bom.

Eles enumeraram muitas coisas boas e agradáveis e a princípio eu fiz o mesmo, depois comecei a colocar algumas coisas do tipo desagradáveis, como por exemplo, “Deus é bom mesmo quando não conseguimos ir ao clube” ou “Deus é bom mesmo quando minha máquina de lavar quebrou”. Então, perguntei: e se a mamãe morrer? Deus é bom?

Eles titubearam um pouco, mas, constrangido, o meu filho mais velho disse: 

—É. Deus é bom!

Abracei-os e com muito amor lhes disse:

— Filhos, mamãe tem um encontro marcado com Cristo. Eu não sei que dia, não sei que horas, não sei de que forma, mas sei que Ele virá me buscar. Tenho me empenhado para estar pronta, pois não pretendo chegar atrasada a este encontro.

— Porém, quero que vocês me ouçam com atenção: Que ninguém vos engane! Deus é bom sempre!

— Se alguém questionar a bondade de Deus ou o próprio satanás sussurrar isto em seus ouvidos abram a boca e digam: Deus é bom sempre e Ele levou mamãe para um lugar seguro e de paz. Isto é bondade e não maldade. Maldade é você tentar me afastar deste caminho que, inclusive me fará revê-la, tentando semear dúvidas em meu coração. Guardarei firme a minha fé!

— Meus amores, eu não exigirei que vocês não chorem ou que não sintam saudades, mas é importante que vocês não permitam que o inimigo de suas almas os afastem do caminho no qual iremos nos encontrar. Eu estarei bem, acreditem. Estarei descansando no seio de Abraão esperando por vocês. Guardem a fé e nos encontraremos porque nosso Deus é bom!

 

Daniela Motta,

Discípula de Jesus.

Print Friendly, PDF & Email
                     

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!