Escola do Contentamento

Se você não me conhece não estranhe, mas gosto muito de fazer perguntas. Para mim e para os outros. Creio que é uma forma de de buscar maior compreensão e revelação nos assuntos eternos. Assim… 

O que é mais difícil para um discípulo?
Tomar a cruz? Amar o próximo? Negar a si mesmo? Louvar? 

Não! O mais difícil é OBEDECER!

Sim! O mais difícil para qualquer um de nós é obedecer. Por isso necessitamos do corpo, das juntas e ligamentos, para nos ajudar a ver todas as vezes que não obedecemos. 

Há um mandamento do Senhor que pouco ou quase nunca é levado em consideração. Em todos estes anos de convertido não me lembro de ter escutado nenhuma ministração específica sobre este tema. Mas, desde o início da quarentena sinto que o Senhor quer que cada um de nós aprenda isso com muito empenho. Estou me referindo a ser feliz, a estar  contente, ao CONTENTAMENTO!

Como você é conhecido? Na sua família? Na igreja? No mundo?
No trabalho, na escola?
Você teria coragem de perguntar sobre você
a uma pessoa que te conhece bem? Ou… 

Será que sou conhecido como um homem contente? Como um homem feliz? É a alegria uma marca visível em minha vida? Alguém que me vendo desejaria seguir a Cristo por eu ser um homem feliz? Ou minha marca é outra, muito diferente? 

Hebreus 13:5
Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.

De onde saí para me converter?
Onde eu estava antes de me converter?

A resposta a esta pergunta poderá ser suficiente para sermos felizes! Ressuscitamos da morte para a vida. Saímos do cemitério para o Reino de Deus. Estávamos mortos em nossos delitos e pecados e Jesus morreu em nosso lugar para nos dar vida. 

Assim, quando nos convertemos entramos numa escola, numa universidade. Começamos a aprender muitas e muitas coisas. Mas parece que só conseguimos ler um dos nomes desta universidade: REINO DE DEUS! E está perfeitíssimo! Mas, desejo convidar cada um de vocês a ler outro nome: ESCOLA DO CONTENTAMENTO.

O Senhor nos convida a entrar no seu Reino, a seguirmos o modelo, Jesus Cristo, mas também nos convida para sermos CONTENTES E PLENAMENTE SATISFEITOS, em todo o tempo.

Você aceita? Você topa viver assim?  

Acredito que todas as respostas sejam sim! Não há nenhuma possibilidade para nós, e veremos isso. Cada um de nós necessita “estudar” em como estar satisfeito. 

Assim, dando continuidade a série LIDANDO COM AS EMOÇÕES, já publicada no YouTube, começamos agora a ESCOLA DO CONTENTAMENTO. Vejamos.

Filipenses 4:10-13

#ARANAAARC
10Alegrei-me, sobremaneira, no Senhor porque, agora, uma vez mais, renovastes a meu favor o vosso cuidado; o qual também já tínheis antes, mas vos faltava oportunidade.Fiquei muito alegre no Senhor porque, agora, uma vez mais, renasceu o cuidado que vocês têm por mim. Na verdade, vocês já tinham esse cuidado antes, só que lhes faltava oportunidade. Ora, muito me regozijei no Senhor por, finalmente, reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade.
11Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação.Digo isto, não porque esteja necessitado, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
12Tanto sei estar humilhadocomo também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez;Sei o que é passar necessidade e sei também o que é ter em abundância; aprendi o segredo de toda e qualquer circunstância, tanto de estar alimentado como de ter fome, tanto de ter em abundância como de passar necessidade. Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade.
13tudo posso naquele que me fortalece.Tudo posso naquele que me fortalece.Posso todas as coisas naquele que me fortalece.

Algumas palavras no original grego:

Alegrei-me > G5463 – chairo, verbo:  1) regozijar-se, estar contente; 2) ficar extremamente alegre; 3) estar bem, ter sucesso.

Aprendi > G3129 – manthano, verbo: aprender, ser avaliado, que inclui aumentar o conhecimento próprio, cresçer em conhecimento, bem como ouvir, estar informado,  aprender pelo uso e prática, ao ponto de ter o hábito de, acostumado a.

Contente > G0842 – autarkes, adjetivo:  1) suficiente para si mesmo, forte bastante ou que produz o suficiente para não necessitar de auxílio ou apoio 2) independente de circunstâncias externas 3) contente com a sua sorte ou fortuna, como os recursos que possui, ainda que limitadíssimos.

Humilhado > G5013 – tapeinoo, verbo: 1) tornar baixo, rebaixar, aplainar, reduzir a um plano, como metáfora, rebaixar a condição humilde, reduzir a circunstâncias mais pobres, designar alguém a uma posição ou lugar mais baixo, isto é, humilhar, ser categorizado abaixo de outros que são honrados ou recompensados. Humilhar-se ou rebaixar-se para uma vida humilde, abaixar, deprimir. Também da alma que machuca o orgulho de alguém ou ter uma opinião modesta de si mesmo e comportar-se de um modo modesto, destituído de toda arrogância.

O que impede o contentamento

Pela leitura das escrituras, percebemos que o descontentamento já existia antes do pecado surgir no mundo. Em Isaías 14 e Ezequiel 28 podemos ver muito claro como Satanás insatisfeito, se insurge contra o Criador, desejando elevar-se acima do Criador. Sendo expulso dos Céus, leva consigo um terço dos anjos e começa seu trabalho de contaminar a criação de Deus com o seu descontentamento, sua insatisfação, sua rebelião. 

Romanos 5:12
Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.

Desta forma o pecado da insatisfação e do descontentamento passou a todos os homens. Nós nascemos descontentes. Por isso que lemos que Paulo aprendeu a viver contente (Fp 4:11). Não é natural do homem ser contente. Não é natural do homem ser agradecido. Não é natural do homem se sentir satisfeito. Sempre quer mais! Sempre murmura! Sempre exige! Sempre se sente insatisfeito. 

Este aprendizado é decorrente de uma decisão: vou me contentar com tudo.  

Todavia existem dois pecados que roubam de nós o contentamento, que nos dificulta a nos contentarmos com tudo que ocorre em nossas vidas. Vejamos:

A Incredulidade

Como você tem alimentado sua fé? Diariamente? Ou…  
De tempos em tempos? 

Eu sei que você sabe que a fé vem pelo ouvir a palavra de Cristo, como lemos em

Romanos 10:17 (NAA)
E, assim, a fé vem pelo ouvir, e o ouvir, pela palavra de Cristo.

Mas acredito o que você não saiba é que, assim como a fé vem pela palavra de Cristo, a incredulidade vem pela palavra do mundo. Basta ouvir os noticiários constantemente que você se torna mais incrédulo. A não fé vai tomando o seu coração. A incredulidade vai surgindo gradativamente. 

1 Pedro 4:3
Porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissoluções, concupiscências, borracheiras, orgias, bebedices e em detestáveis idolatrias.

Porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissoluções, concupiscências, borracheiras, orgias, bebedices e em detestáveis idolatrias.

Como não crer em Deus nosso Pai? Como não depositar nossas vidas naquele fez e faz todas as coisas? Mas a dúvida rouba o lugar da fé. Precisamos crer e ponto. Isto é, precisamos permanecer olhando para Cristo em todo o tempo. Vejamos algumas consequências deste triste pecado que tanto nos cerca.

Mateus 13:58
E não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles.

Deus não pode manifestar sua totalidade por causa da incredulidade dos homens. 

Marcos 16:16
Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.

A incredulidade levará os homens à condenação. 

Romanos 3:3-4
E daí? Se alguns não creram, a incredulidade deles virá desfazer a fidelidade de Deus?4 De maneira nenhuma! Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem, segundo está escrito: Para seres justificado nas tuas palavras e venhas a vencer quando fores julgado.

Não é porque há incredulidade no meio do povo, que Deus não será verdadeiro. Ele é! Desde o princípio é o grande EU SOU! Eu sou o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó. Nunca como eu fui ou eu serei o Deus de vocês. Ele era, é, e sempre será.

Incredulidade > G0570 – apistia, substantivo:  1) infidelidade, incredulidade 2) falta de fé, descrença 3) fraqueza de fé

Hebreus 3:12-18
Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo; 13 pelo contrário, exortai-vos mutuamente cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado. 14Porque nos temos tornado participantes de Cristo, se, de fato, guardarmos firme, até ao fim, a confiança que, desde o princípio, tivemos. 15 Enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração, como foi na provocação. 16 Ora, quais os que, tendo ouvido, se rebelaram? Não foram, de fato, todos os que saíram do Egito por intermédio de Moisés? 17 E contra quem se indignou por quarenta anos? Não foi contra os que pecaram, cujos cadáveres caíram no deserto? 18E contra quem jurou que não entrariam no seu descanso, senão contra os que foram desobedientes? 19 Vemos, pois, que não puderam entrar por causa da incredulidade.

A incredulidade nos afasta do nosso Deus. E todos quando estão longe do Pai são tomados de medos e angustias que podem gerar muita ansiedade. O pior é que com a incredulidade não conseguimos descansar, não alcançamos o repouso de Deus. 

Salmos 78:21-22
Ouvindo isto, o SENHOR ficou indignado; acendeu-se fogo contra Jacó, e também se levantou o seu furor contra Israel; 22 porque não creram em Deus, nem confiaram na sua salvação.

O Senhor fica indignado quando seu povo não crê e não confia que Ele é capaz de fazer o que desejar, até mesmo salvar. O homem prefere dizer que não acredita para pecar mais.

Salmos 78:32, 36-37 (NAA)
Apesar de tudo isso, continuaram a pecar e não creram nas maravilhas de Deus.

O salmista ainda falando do povo que saiu do Egito, acrescenta:

36Lisonjeavam-no, porém de boca, e com a língua lhe mentiam. 37 Porque o coração deles não era firme para com ele, nem foram fiéis à sua aliança.

Isso é assustador. Como podemos fazer isso com nosso Deus?

João 5:38
Também não tendes a sua palavra permanente em vós, porque não credes naquele a quem ele enviou.

A incredulidade faz com que a Palavra de Deus não permaneça no coração dos homens. 

Judas 1:5
Quero, pois, lembrar-vos, embora já estejais cientes de tudo uma vez por todas, que o Senhor, tendo libertado um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu, depois, os que não creram;

Um homem com incredulidade no seu coração não alcança o contentamento, não consegue agradar a Deus, nunca! 

O que tem ocupado tua mente? 
No que você tem pensando nestes dias?
Com quem você tem conversado em sua mente ?

Lembre-se: o que domina a mente, controla as emoções que determina a vontade. Como consequência da incredulidade temos um outro aspecto que impede o contentamento. 

A Murmuração

Deus declara claramente que a murmuração é pecado e que a condena.

1 Coríntios 10:10
Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador.

Filipenses 2:14
Fazei tudo sem murmurações nem contendas, 15 para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo…

Observe o significado de murmuração, é muito importante entender que é diferente de reclamação, queixa. 

Murmuração > G1112 – goggusmos, substantivo: 1) murmúrio, murmuração, resmungo 1a) debate secreto 1b) desprazer secreto não declarado abertamente.

É pensar, não precisa falar. É pensar uma insatisfação, um desprazer. É pensar um debate de descontentamento. Murmuração é pecado! Murmuração surge de tudo que alimentamos e abrigamos nos pensamentos. 

Teus pensamentos estão na cruz? 
Teus pensamentos mais íntimos estão encravados na cruz? Ou… 

Nascemos com a murmuração impregnada em nossos corações. Foi a semente do pecado implantada no coração do homem pelo diabo. A murmuração nasce da insatisfação. Estou como que dizendo que Deus não sabe governar corretamente. Que Deus está errando comigo, nisso ou naquilo. Que Deus perdeu o controle das circunstâncias. 

Não é justo o que passo. Ninguém merece! Sério que você não merece isso? E como repetimos estas reclamações, e até rindo! Que tristeza quando alguém fala isso, pois está ofendendo ao seu Pai, ao seu Criador.

Ao ler a história do êxodo de Israel, que Deus “com mão poderosa e braço estendido” (Sl 136:12), fez diante todo Egito, fico abismado com a quantidade de murmuração que existia. O povo murmurava porque era escravo no Egito. Sofriam muito. Eram muito oprimidos. Então Deus os liberta. Continuam a murmurar. No deserto murmuraram pela falta de água, murmuram pela a escassez de comida. Deus manda o maná, o pão do céu, que por 5 dias não se podia guardar, apodreceria, mas no sexto dia guardava-se de um dia para o outro, sem estragar. Algo sobrenatural, mas murmuravam até ao ponto de chamarem de pão vil (Nm 21:5). Murmuram por falta de carne e recebem uma abundância absurda de codornas. E também murmuram por causa da autoridade de Moisés. Murmuram ao receberem notícias  do povo que vivia na terra prometida. Novamente murmuram por falta de água

É assustador. 

As murmurações de Israel no deserto

Êxodo 14:11
Disseram a Moisés: Será, por não haver sepulcros no Egito, que nos tiraste de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos trataste assim, fazendo-nos sair do Egito? 12 Não é isso o que te dissemos no Egito: deixa-nos, para que sirvamos os egípcios? Pois melhor nos fora servir aos egípcios do que morrermos no deserto.

Êxodo 15:24 > No mar de Junco
E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber?

Êxodo 16:2-3 > Em Mara
Toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e Arão no deserto; 3 disseram-lhes os filhos de Israel: Quem nos dera tivéssemos morrido pela mão do SENHOR, na terra do Egito, quando estávamos sentados junto às panelas de carne e comíamos pão a fartar! Pois nos trouxestes a este deserto, para matardes de fome toda esta multidão.

Êxodo 17:3 > No deserto de Zim
Tendo aí o povo sede de água, murmurou contra Moisés e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós, a nossos filhos e aos nossos rebanhos?

Êxodo 32:1 > Em Horebe – idolatria
Mas, vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão e lhe disse: Levanta-te, faze-nos deuses que vão adiante de nós; pois, quanto a este Moisés, o homem que nos tirou do Egito, não sabemos o que lhe terá sucedido.

Números 11:1 > Em Taberá
Queixou-se o povo de sua sorte aos ouvidos do SENHOR; ouvindo-o o SENHOR, acendeu-se-lhe a ira, e fogo do SENHOR ardeu entre eles e consumiu extremidades do arraial.

Números 14:1-4 > Em Cades, após o relatório dos espias. 
Levantou-se, pois, toda a congregação e gritou em voz alta; e o povo chorou aquela noite. 2 Todos os filhos de Israel murmuraram contra Moisés e contra Arão; e toda a congregação lhes disse: Tomara tivéssemos morrido na terra do Egito ou mesmo neste deserto! 3 E por que nos traz o SENHOR a esta terra, para cairmos à espada e para que nossas mulheres e nossas crianças sejam por presa? Não nos seria melhor voltarmos para o Egito? 4 E diziam uns aos outros: Levantemos um capitão e voltemos para o Egito.

Números 16:41 > Depois Corá
Mas, no dia seguinte, toda a congregação dos filhos de Israel murmurou contra Moisés e contra Arão, dizendo: Vós matastes o povo do SENHOR.

Números 22:2-4 > Nas águas de Meribá
Não havia água para o povo; então, se ajuntaram contra Moisés e contra Arão. 3 E o povo contendeu com Moisés, e disseram: Antes tivéssemos perecido quando expiraram nossos irmãos perante o SENHOR! 4 Por que trouxestes a congregação do SENHOR a este deserto, para morrermos aí, nós e os nossos animais?

Numeros 21:4-5 > No caminho do Mar Vermelho.
Então, partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, a rodear a terra de Edom, porém o povo se tornou impaciente no caminho. 5 E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito, para que morramos neste deserto,  onde não há pão nem água? E a nossa alma tem fastio deste pão vil.

Mateus 12:34
Raça de víboras, como podeis falar coisas boas, sendo maus? Porque a boca fala do que está cheio o coração.

O que está em teu coração?

Aquilo que você pensa você fala! Se você está cheio de gratidão, sairá louvor! Se você está cheio de pensamentos de insatisfação, murmurará!  

Bom, chega de murmuração, vamos adiante.

Passos para viver contente

1. Obedecer!

Hebreus 13:5
Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.

Contentai-vos > G0714 – arkeo verbo: 1) estar possuído de força infalível, ser forte, ser adequado, ser suficiente, defender, repelir, estar satisfeito, estar contente

É um mandamento divino: Contentai-vos. Não é uma opção. Não é quando tudo estiver bem. O contentamento é uma consequência da vida com Deus. Não se nasce contente, precisamos aprender. Muitos estão tão habituados a murmurar que nem se dão conta. E, ainda, gostam de viver murmurando, como um estilo de vida. Mas isso é carnalidade. Acabam transformando a alegria da salvação em lamúrias de murmuração.

Você está na cruz?
Teus pensamentos estão na cruz? Tuas emoções estão na cruz?
Tua  vontade está na cruz?

Quando deixamos os pensamentos soltos, ficamos insatisfeitos. Quando deixamos as emoções sem controle, o descontentamento surge. Quando se libera a vontade para fazer o que quer, nunca ficaremos contente. Os pensamentos, as emoções e a vontade são insaciáveis. Por isso precisamos, desesperadamente, da cruz! 

Ficamos confusos por causa dos pensamentos soltos. Ficamos insatisfeitos por dar liberdade as emoções. Ficamos descontentes por desejar cada vez mais coisas e mais coisas. 

Você lembra de Eva? Estava no melhor lugar do mundo, com o marido perfeito, tinha tudo que precisava. Literalmente estava no Paraíso. Ainda sim, estava insatisfeita. Não é porque temos tudo que estamos contentes. Vamos rever um texto bem conhecido:

Marcos 8:34-38
Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.35 Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á. 36 Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? 37 Que daria um homem em troca de sua alma? 38 Porque qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.

A alma tem estar inteiramente encravada na cruz. Os pensamentos, as emoções e a vontade. 

Contentamento é um mandamento de Deus, e precisa ser obedecido. Devemos nos contentar com o que temos! Vejamos novamente o versículo em questão:

Hebreus 13:5
Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei

Qual a tua medida para ter? Qual a tua medida para desejar?
Quanto que você está satisfeito com tua vida?

Lucas 12:15
Então, lhes recomendou: Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui.

A FORBES está sempre publicando sobre os mais ricos do mundo. Não os mais santos ou os mais sábios. E nós estamos sempre querendo mais, mais e muito mais. No shopping temos tudo que não precisamos para sermos felizes, para estarmos cheios de contentamento. 

1 Timóteo 6:6-8
De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. 
7 Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. 
8 Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes.

Assim, vamos para segundo passo

2. Crer, viver pleno de FÉ

Acreditar nas promessas de Deus. Se Deus falou, fará!

Hebreus 13:5
Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.

Assim aqui ele diz que devo viver contente por que Deus está comigo. Mora em mim e nunca jamais irá me abandonar.

Quando não creio em alguma das promessas, fico descontente. Surge a incredulidade. Surge o pecado. Quando estamos sob o descontentamento não conseguimos ver as bençãos de Deus, não conseguimos adorá-lo como merece.

Deus prometeu estar conosco em toda e qualquer situação. Deus não prometeu que seríamos ricos. Deus não nos prometeu que nunca ficaríamos doentes. Deus não prometeu que nunca teríamos problemas. Todavia Deus prometeu que estaria conosco.

Mateus 28:18-20
Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

O que tem ocupado o teu pensamento? Estão na cruz?
Você acredita nas promessas do Pai?  

Salmos 73:23
Todavia, estou sempre contigo, tu me seguras pela minha mão direita.

Romanos 3:4
De maneira nenhuma! Seja Deus verdadeiro, e mentiroso, todo homem, segundo está escrito: Para seres justificado nas tuas palavras e venhas a vencer quando fores julgado.

Deus não pode mentir. Deus é e sempre será fiel, mesmo quando somos infiéis e murmuramos. 

Hebreus 13:6
Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?

3o  Gratidão e Louvor em toda ocasião

Não se alcança o contentamento com técnica de auto ajuda, com pensamento positivo, com a neurolinguística, nem com horas e horas de análise. O contentamento vem de uma decisão! Da decisão de permanecer na cruz, de deixar que o Espírito Santo faça conosco tudo o que o Pai determinou. Para isso, não podemos permitir que, em nosso pensamento, apareça alguma insatisfação. O louvor ajudará bastante nesta tarefa. Com gratidão deixamos que o Senhor faça o que quiser. 

Hebreus 13:15
Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome.

Salmos 39:9
Emudeço, não abro os lábios porque tu fizeste isso.

Emudeço, não vou murmurar. Deus faz coisas que não entendemos para nos purificar, para ajustar nosso caráter, para nos transformar à imagem e semelhança de Jesus. Assim, vou abrir meus lábios em louvor e gratidão. Vou proclamar no meio da congregação a bondade de Deus, os seus feitos, e como me tem conduzido todos os dias até agora! E sempre o fará. 

Quando estou contente encontro a felicidade. 

Como somos consolados em nossas aflições, angustias e tristezas? 

Salmos 119:50
O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica.

Se Paulo declara que aprendeu, é porque não sabia. Não era natural. O contentamento precisa ser aprendido. E, espero que cada um esteja aprendendo mais e mais. 

João 16:13
… quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir.

Isaías 48:17
Assim diz o SENHOR, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o SENHOR, o teu Deus, que te ensina o que é útil e te guia pelo caminho em que deves andar.

Uma palavra de ânimo para nós

Salmos 37:3-11

Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade
4Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração. 
5Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará. 
6Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia. 
7Descansa no SENHOR e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios. 
8Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal. 
9 Porque os malfeitores serão exterminados, mas os que esperam no SENHOR possuirão a terra. 
10 Mais um pouco de tempo, e já não existirá o ímpio; procurarás o seu lugar e não o acharás. 
11 Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz.

Manso é aquele que não se defende quando atacado, mas entrega-se ao Senhor. Que o  Senhor nos abençoe e tenha misericórdia de nós!

Vamos em frente, cheios de gratidão e contentamento no Senhor.

… sérgio de avillez …

Salvador, julho de 2020

Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!