Ouviu-se um clamor em Ramá, pranto, choro e grande lamento; era Raquel chorando os seus filhos e inconsolável porque eles já não existem. Mateus 2:18

Estava tomando banho pensando em Deus e pedindo a Ele que me fizesse compreender a Sua vontade em todas as áreas da minha vida. Como tenho meditado muito nos princípios absolutos da obra de Deus, ultimamente tenho pedido a Ele que renove em minha memória, ratificando em meu coração, os Seus princípios para o desenvolver do meu papel como esposa e mãe.
Estava meditando nestas coisas quando eu ouvi o Espírito Santo ministrar este texto ao meu coração. Ele dizia assim:

Ouve-se um grito em Ramá, choro, pranto e grande lamentação; é Raquel chorando por seus filhos que jazem nas ruas, nos becos, nas praças; que jazem nos shoppings, nos cinemas, dentro dos ambientes escolares, que jazem nas portas de suas próprias casas ou mesmo dentro delas, trancados em seus quartos na frente da TV; jazem ao lado de seus pais em frente aos computadores, conectados à Internet, em seus tabletes, celulares e laptops…

Ao ouvir isto o meu coração estremeceu, parecia que a minha caixa torácica estava sendo comprimida.

O Espírito do Senhor continuou se revelando. Lembrou-me de como o sistema que movimentava o mundo, de como havia sido usado por Satanás contra as crianças… quando Deus estava para fazer algo grande trazendo libertação ao Seu povo através de Moisés. As crianças eram arrancadas de seus pais a força e jogadas nos rios para serem devoradas por animais.
Não foi diferente no tempo em que Deus estava enviando Seu filho amado para salvar o mundo. As crianças mais uma vez sofreram. Elas foram arrancadas de seus pais a força e mortas pelo fio das espadas de homens sem temor a Deus.

Hoje acontece o mesmo. Satanás está usando o sistema atual que move o mundo para arrancar as crianças de seus pais. Todavia, desta vez, os pais estão cooperando com isso! Os pais, eles mesmos, estão entregando as armas mortais aos seus filhos como presentes de aniversário. Eles mesmo estão abrindo as portas de suas casas e convidando os assassinos para entrarem e comungarem com seus filhos. Eles estão levando seus filhos todos os dias para o matadouro para serem torturados, espancados e violentados em suas mentes, almas e até mesmo em seus corpos.
Eles se rendem com facilidade e devoção às leis que os separam de seus filhos. Eles trabalham para financiarem a execução dos seus próprios filhos.

Ó Deus, dos céus, da terra e do meu coração.
Tem piedade, Senhor!
Mostra-nos o caminho, revela-nos tua vontade.
Abre os nossos olhos para que possamos ver o que o Senhor vê.
Para que o nosso coração se una ao teu coração e tenhamos os mesmos sentimentos, os mesmos pensamentos, os mesmos objetivos.
Para que compreendamos nossa necessidade e clamemos por unção e poder contra o mal, por sabedoria, coragem e intrepidez, por determinação e força para expulsar os assassinos, enviados por Satanás, das nossas casas e de nossas rotinas.

Janeiro de 2018
DM, discípula, esposa e mãe em Salvador, Ba.

Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts

Pela Manhã

Faze-me ouvir, pela manhã, da tua graça, pois em ti confio; mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma. Salmos 143.8

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *