Quando pensamos em oração logo nos vem à mente uma grande e enorme lista de pedidos, que diversas vezes tem como único objetivo saciar nossos próprios desejos.

Tem problema pedirmos o que queremos? De maneira alguma, porém, Salomão, um dos homens mais sábios da terra, tinha clareza que o homem em suas motivações é confuso, atrapalhado e muitas vezes, por mais que esteja revestido de boas intenções pode facilmente se enganar.

Estes dias lendo o livro de Provérbios ví um exemplo interessante de oração feito por Salomão. Onde ele relata duas coisas que ele pede a Deus:

“Duas coisas te peço; não mas negues, antes que eu morra: afasta de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário; para não suceder que, estando eu farto, te negue e diga: Quem é o SENHOR? Ou que, empobrecido, venha a furtar e profane o nome de Deus.” Provérbios 30:7-9

E quais são estas duas coisas que Salomão considera importantes?

1. “afasta de mim a falsidade e a mentira” – Estas duas coisas tem grande poder para nos destruir e facilmente nos afastar da verdade. E quem é a verdade? Jesus! A verdade não é um conceito, a verdade é uma pessoa. Então, fujo de tudo que pode me fazer diferente de Cristo e nada melhor que pedir isto em nossas orações diárias.

Fugir da mentira e falar a verdade deve ser uma prática constante de cada discípulo de Jesus. Paulo quando orienta os irmãos em Éfeso deixa isso bem claro:

“Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros.” Ef 4.25

2. “não me dês nem a pobreza nem a riqueza” – Por qualquer razão, um dos homens mais sábios e mais ricos do mundo, tinha convicção da grande influência que o dinheiro tem sobre nossas vidas. A riqueza pode reduzir nossa constante dependência do Pai. A pobreza pode nos levar a agirmos de formas estúpidas para mantermos nossa sobrevivência.

Mas tantas vezes pedimos e não recebemos, qual a razão? Me lembro de Tiago em sua carta:

“Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres.” Tg 4.3

Algumas perguntas são importantes: Ainda aceito algumas mentiras e falsidades em minha vida? Qual meu objetivo quando oro? Tenho buscado o meu conforto?

Senhor, não me permita olhar somente para mim durante a oração e me dê coragem para fazer também este pedido de Salomão.

Perseveremos!

 

Via estevaoavillez
Imagem Venha, assente-se! by SAvillez

Print Friendly, PDF & Email
         

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Estevão Avillez

Me faço ninguém, para que Ele seja sempre o Alguém, de quem ninguém consegue viver sem. Escrevendo também no rumoaoalvo.com :)