E JESUS se “sub-atomizou” a um nível nunca captável pela mente humana
De maior que todas as galáxias somadas, tornou-se, em proporção, menor que um grão de areia
De Criador, a um singelo feto
De Todo Poderoso, a um frágil bebê
Espantosa a Sua disposição de perder, renunciar, negar-se, deixar, abrir mão…
Ninguém, como Ele, gastou-se num serviço totalmente abnegado e sem expectativa de reconhecimento
Ninguém, além dEle, dedicou-se tanto aos desprezados, investindo vida e tempo ao ouvi-los atenta e constantemente. Olhou-os nos olhos. Tratou-os como pessoas. Deu-lhes honra e respeito. Inaugurou a era da proeminência dos pobres!
Apenas Ele mudou a perspectiva de milhares de enfermos crônicos, revertendo sua expectativa de dor vitalícia. Ofereceu-lhes acesso à cura instantânea. Devolveu-lhes mais do que a saúde, ao doar-lhes a perdida alegria de viver!
Somente Ele revogou a sentença da morte, dizendo “ACORDE”, “LEVANTE”, “SAIA PARA FORA!”.
Não teve vergonha de se humilhar. Ao contrário, sentiu-se em estado de absoluta dignidade ao DEPENDER inteiramente do comando do Seu Pai
Tudo isto para realizar o propósito atemporal de se mulltiplicar como uma família de muitos filhos, maior realização do seu incompreensível amor.
Seu coração, despido de orgulho, determinou-se a viver para morrer
Deixou-se esmagar, ferir, vilipendiar, zombar, ridicularizar, envergonhar.
Mais do que isto. Deixou-se matar…
Espontânea e voluntariamente, fez-se imundo ao substituir imundos perdidos sem chance de eternidade
Para então verter sangue até água e expirar ao lado de criminosos
Da plena alegria, à angústia excruciante.
Da liberdade extrema, à prisão infernal
Foi o primeiro ser humano a morrer, ressuscitar e manter-se vivo, como homem, eternamente
Levantou-se, então, exaltado, de uma tumba fria sem fazer alardes, dar publicidade ampla ou celebrar de modo retumbante. Sim. Sem nunca deixar sua essencial humildade!
Grande foi sua descida.

Mas maior ainda é sua glória!

Print Friendly, PDF & Email
                     

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *