Testemunho de James Tour traduzido¹ ao português

Eu tenho PHD em Ciência Orgânica Sintética. Estou inserido num grupo de homens que concorrerem ao prêmio Nobel de Ciência. Votado um dos top – 50 maiores influenciadores intelectuais do mundo. Eu já palestrei em quase todas as maiores faculdades deste país. 

Tenho mais de 650 publicações científicas. Fui votado pela Revista Ciência como o cientista do ano, pela Academia Nacional de Inventores. Sou membro da Associação Americana de Investidores na Ciência. Montei mais de 70 empresas. Trabalho na área de medicina, Ciência, memória de computador e aplicativos médicos.

Mas, muito mais do que tudo isso, o que tem mais valor para mim é que eu sou judeu, e acredito que Jesus é o Messias. 

Cresci ao redor de Nova York. Achava que todo mundo era judeu. Eu não sabia que existia outra coisa. Eu não tinha nenhum interesse particular nos rituais. Eu frequentava os cursos para “bar mitzvᔲ toda semana, mas não tinha nenhum animo nisso tudo. Eu lembro que uma vez até questionei um Rabi e ele foi muito vago, me deu pouca explicação.

Lembro que quando fui pra faculdade, comecei a conhecer um número de pessoas que diziam que tinham nascido de novo como cristãos. O que não fazia sentido para mim. “O que é nascer de novo”? Uma pessoa me viu na lavanderia e me perguntou:

— Você se importa se eu fizer uma ilustração sobre o evangelho?

E ele começou a desenhar uma figura de um precipício, de um lado um homem, do outro lado, Deus e no meio um grande abismo que era o pecado. Eu olhei para ele e disse:

— Eu não sou pecador. Eu nunca matei ninguém, nunca roubei um banco.

Ele me fez ler um versículo que diz: “todos pecaram e carecem da gloria de Deus”.

No judaísmo nunca se fala do pecado.

Então, leu outro versículo: “se alguém olha para uma mulher com intenção impura, já adulterou com ela no seu coração”. Eu senti como se eu tivesse sido atingido no meu peito.

Eu era novo na faculdade, não achava que alguém sabia, mas eu era viciado em pornografia. E de repente, algo que estava escrito na Bíblia, por alguém que viveu 2000 anos atras, estava chamando a minha atenção. E eu senti convencido e percebi que eu era pecador. 

Quando eu li os versos que explicava o que era o pecado, eu sabia que eu era pecador.

— Como eu consigo me achegar a Deus?

Nós, judeus, sabemos que o derramamento de sangue é o que limpa o pecado. A passagem do livro de Isaías que diz que Ele tomou sobre si meu pecado, as coisas que eu cometi. Era Ele, esse era o homem que tomou sobre si meus pecados, na cruz. O Deus perfeito, veio e deu Ele mesmo por nós. Ele é quem se dá, ele mesmo, por nós.

Então comecei a perceber quão judeu o novo testamento é. Esse livro é tão judeu! Está tudo em volta do povo judeu. 

Em 7 de novembro de 1977, eu estava sozinho no meu quarto, com a certeza de Joshua (Jesus), é o que morreu na cruz. Então disse:

— Senhor eu sou pecador! Por favor me perdoe, venha para a minha vida!

De repente, alguém estava no meu quarto, eu estava de joelhos e abri meus olhos – aquele homem, Jesus Cristo, estava de pé no meu quarto. Essa incrível sensação de que Deus, Jesus estava no meu quarto. Eu não estava com medo, tudo que eu fazia era chorar muito! A presença era tão gloriosa, Ele estava lá no meu quarto, naquele dia. E eu não queria me levantar, pois a sensação maravilhosa de perdão começou a me envolver.

Era Ele! 

Eu não sabia o que fazer depois ou o que dizer. Eu era apenas esse jovem judeu de Nova York, o que vou dizer?

Meus primos estavam em choque!

— Como você pôde fazer isso? Você é judeu!

Ao contar a minha mãe como eu convidei Jesus a entrar minha vida, ela não disse muito, só estava aos prantos! Ela contou ao meu pai, e eles não ficaram felizes com isso. Ela me disse:

— Eu não culpo eles por terem matado Jesus, depois das coisas que ele disse! Quem é ele para se levantar contra os líderes religiosos que dedicaram suas vidas para as pessoas!? E, ainda, dizer a eles que eles eram sepulcros caiados! Quem é esse jovem de 30 anos para dizer essas coisas para eles? Ele teve o que mereceu!! 

Mas ela leu a Bíblia de Gênesis até o fim. Quando terminou ela disse:

— Deus nos alertou muitas e muitas vezes! Ele nos alertou! 

Quando minha filha tinha 15 anos, meus pais um dia foram nos visitar. Minha mãe ficou horas conversando com ela no quarto, quando ela saiu ela disse:

— Que jovem filha você tem! Ela ficou horas conversando comigo sobre a Bíblia, desde o Velho Testamento até o Novo Testamento. 

Minha mãe começou de novo a ler a Bíblia. Um dia não muito depois, ela me ligou, tinha 72 anos, disse:

— Jimmy, você não vai acreditar no que aconteceu.

— O quê aconteceu?

— Eu estava lendo, e eu entendi! Eu entendi! O jeito que Ele doou sua vida, eu acredito nEle!

Jesus é o filho de Deus!

James Tour

__________________

  1. Tradução por AT & VT. Obrigado.
  2. “Bar Mitzvá” é a cerimônia que insere o jovem judeu (com 12 ou 13 anos) como um membro maduro na comunidade judaica. Quando um judeu atinge a sua maturidade, passa a se tornar responsável pelos seus atos, de acordo com a lei judaica. Wikipédia
Print Friendly, PDF & Email

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts Author website

Sérgio Avillez

Pastor que nas horas vagas gosta de fotografar o belo.
Oração: Minha necessidade, meu prazer!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *